Pesquisar neste blogue

botões de seguimento

botão - loja

Hoje vamos para as ruas!

Dizem que somos pacíficos, que não nos corre na veia a agressividade nem a luta... Dizem que gastámos além das nossas possibilidades e que agora temos de pagar por isso. Dizem todos os dias que não há outro caminho, senão o da austeridade... Mas cada vez que ouvimos as notícias, cada vez que lemos as "gordas"... não parece haver uma luz ao fundo do túnel. Não há qualquer retoma, as empresas fecham a um ritmo alucinante, os preços dispararam e daqui a nada nem para comer dá... Torna-se cada vez mais um lugar comum: numa mesa de 5 ou 6 amigos, 3 ou 4 estão desempregados, um ou dois vão para o estrangeiro e outro está em risco de perder o emprego.

Não sei se as manifestações resultam em alguma coisa, não sei se basta fazer barulho, mas calada não fico, em casa não quero estar... Eu acredito que é possível mudar, e se não formos nós (o povo) quem há-de ser?
Hoje, com ou sem "Grândola", o que importa é manifestar a nossa indignação!

1 comentário:

  1. Cantigas, leva-as o VENTO, Neste País é tudo IRRELEVANTE, Até MORRER á FOME!

    ResponderEliminar