Pesquisar neste blogue

botões de seguimento

botão - loja

Construir Memórias - Building memories


Uma das questões difíceis ao planear um casamento, é a quantidade de escolhas que temos que fazer. Há um sem número de serviços a contratar, adereços a incluir, e no nosso caso ainda assim tivemos alguma facilidade. A quinta onde se realizou a festa tem praticamente tudo incluído: toda a comida e bebida, espaço de cerimónia já preparado, entretenimento (se o desejarem), decoração... o que nos poupa imenso tempo, trabalho e stress. Mas mais adiante falarei deles e do maravilhoso serviço que oferecem.

Sendo que se tratava de um casamento, embora não tradicional, já de alguma dimensão... e o orçamento não era propriamente à larga, houve realmente que escolher e restringir alguns aspectos. Mas se há algo que é mesmo importante, é o que fica depois: o registo fotográfico e/ ou em vídeo.

Para quem andava há quase 2 anos a ver blogs e sites destas coisas, há um monte de nomes que surgem logo à cabeça com trabalhos lindíssimos. De todos os que contactámos, a empatia que sentimos com a Cláudia foi imediata e sendo ela de Leiria, da nossa cidade e da nossa geração, era muito clara a proximidade. Mas o que tenho que mencionar aqui é mesmo o seu trabalho.  
 
Em termos formais, adoro tudo: as cores, a exposição saturada, os "cenários". Mas há muito mais que isso, a objectiva desta menina está bem "ensinada", é evidente um treino de composição notável e ao mesmo tempo uma certa paixão no que faz. Como estudante de fotografia que fui, e como ávida consumidora de imagens que sou, sei o quão especial é (pelo menos para mim) fotografar pessoas. É um pouco como pintar retrato, temos mesmo que "invadir" um pouco o mundo deles, é algo de certa intimidade que apesar de tudo, e segundo a própria Cláudia, é também o que dá cor e significado à vida de fotógrafo. Não obstante, exige também um saber cativar, uma espécie de sedução por forma a deixar que o "retratado" se sinta confortável, se abandone tal como é, sem máscaras, perante a lente e a fotógrafa.
Fotografia por Cláudia Casal // Hello Twiggs  


Experiente que já é, sensível a estas questões, a nossa repórter prepara cuidadosamente o seu trabalho. Trocámos muitos mails, falámos das nossas expectativas, colocámos questões e recebemos dicas e sugestões, a meu ver preciosas para a concretização do sonho.
Confirmada a fotografia de casamento, sugeriu (incluída) uma sessão "Love Birds". - só o nome já encanta! - Claro que aceitámos prontamente, e olhando para trás, foi o melhor que podia ter acontecido.
Eu não sou daquelas pessoas que lide bem com máquinas fotográficas apontadas... adoro fotografias, mas não sou descontraída e noventa por cento das vezes, fico miserável nas fotos. Por isso, esta sessão foi óptima para quebrar o gelo. Coincidência foi que a Cláudia e o J já se conheciam, da faculdade. Então, entre amena cavaqueira, muito humor e um dia de início de verão, foi perfeito.
Claro que quando chegou o dia do casamento, não havia a sobrecarga de nervos de não conhecer a fotógrafa. É que deixem-me dizer, por muito que organizem esse dia, por mais planos e listas que façam, por mais descansadas que estejam... ser noiva é uma situação de nervos, muitos!


Fotografia por Cláudia Casal // Hello Twiggs





































Ficam aqui algumas das fotos e um sorriso, nosso. Foi engraçado, porque depois do casamento algumas das pessoas ficaram com a impressão de que a Cláudia era uma nossa amiga de longa data. É certo que não era, mas também nós sentimos essa proximidade e isso foi muito bom. Claro que podemos sempre dizer que os "doglovers" têm meio caminho andado no que toca a simpatizar com novas amizades... é que tal como nós temos uma Julieta, a Cláudia não vive sem o seu Mr. Kobe!  


Fotografia por Cláudia Casal // Hello Twiggs





































Também podem visitar as lojas Hello Twiggs no Etsy:

http://www.etsy.com/pt/shop/hellotwiggs
http://www.etsy.com/pt/shop/twiggsdesigns

Sem comentários:

Enviar um comentário